Contra o desperdício do dinheiro público

Contra o desperdício do dinheiro público

Nosso trabalho será reavaliar os cronogramas e apontar as prioridades para evitar o desperdício

Depois de uma longa conversa minha com a imprensa, o jornal Extra desta terça-feira apresenta um diagnóstico das obras iniciadas no Rio de Janeiro pelo prefeito Eduardo Paes e não encerradas. Das 185 intervenções feitas pelo ex-prefeito 93 foram suspensas. A maioria relacionada à pavimentação e contenção de encostas. Quase todas as obras foram iniciadas sem o cuidado de se planejar o término. Pecaram também pela qualidade.

A intenção do ex-prefeito, ao suspender as obras, foi, segundo tudo indica, contornar a legislação para não deixar restos a pagar. Ele preferiu transferir para o sucessor os canteiros de obras inacabadas.

Mas isso não importa no momento. Agora, o trabalho nosso será reavaliar os cronogramas e apontar as prioridades, de tal forma, que não se desperdice mais o dinheiro do povo.  As intervenções para evitar deslizamentos de terra em locais de risco durante as chuvas receberão prioridade. A prevenção é o foco.

A Transbrasil, uma obra gigantesca e cara, passa no momento, por reavaliações, para restabelecer novos cronogramas. Um grupo de técnicos, nomeado por mim, estuda a situação no momento.

Foto: capa jornal Extra

One comment

  • leotajacobsohn.blogas.lt

    By leotajacobsohn.blogas.lt

    Reply

    Excellent post. Keep posting such kind of information on your blog.
    Im really impressed by your site.
    Hello there, You have done an excellent
    job. I’ll certainly digg it and personally suggest to my friends.
    I am sure they will be benefited from this website.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *
You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>